Sobre mangás

Exponha uma ideia ou leia artigos criados sobre seu mangá favorito.
Avatar do usuário
Mestevesx
 
 
Mensagens: 8
Registrado em: Sáb Abr 29, 2017 7:45 pm

Sáb Mai 06, 2017 1:11 am

Aqui eu quero falar um pouco sobre obras que tem uma execução baseada em seguir a verossimilhança de nosso próprio mundo, mesmo sendo obras fictícias e as vezes fantasiosas.

Citando aqui Luciano de Samosata:
Suspensão de descrença, suspensão de descrédito ou ainda "suspensão voluntária da descrença" refere-se à vontade de um leitor ou espectador de aceitar como verdadeiras as premissas de um trabalho de ficção, mesmo que elas sejam fantásticas, impossíveis ou contraditórias. É a suspensão do julgamento em troca da premissa de entretenimento.
Estou falando aqui de obras que não necessitam que ignoremos as realidade daquele mundo para nos entretermos.
Certos autores fazem com que tal ação não tenha sentido, pois não conseguiremos encontrar tais falhas tão fácil.
Quero aqui levantar algumas discussões, ou então recomendem e levem algumas recomendações de volta.

Para exemplificar meu ponto, vou falar sobre as obras de Yukimura Makoto:

PLANETES
Imagem
Um problema que iremos sofrer num futuro próximo: lixo espacial.

O autor mostra os efeitos que objetos em orbita podem causar se os deixarem acumular em nossa orbita terrestre, e mostra logo de cara como um simples parafuso em suspensão no espaço pode causar um acidente de proporções gigantescas, alem do grande prejuízo e agravação do problema quando estes objetos atingem estações espaciais ou satélites.
Com tal premissa, seguimos a ala responsável por cuidar desse lixo, de uma das empresas espaciais no mercado.

O que me marcou nisso foi o simples fato de o que é tratado ali em um futuro próximo já é um problema nosso atual, e os personagens que habitam esse mangá tem uma naturalidade e verossimilhança incríveis, raramente vejo um romance se evoluir de forma tão sutil quanto aqui, ou de ações que são tomadas baseadas na personalidade condizente dos atores em vez de um idealismo heroico constante.

VINLAND SAGA
Imagem
Como é crescer em meio a uma guerra?

Aqui nos é apresentado todo o ciclo de vida de um personagem, desde onde ele cresceu até onde ele chegou, o que fez e o que foi feito com ele.
Esse é um épico que não busca recontar acontecimentos históricos, que de fato são seguidos fielmente no mangá, mas sim como o autor interpretou uma vida de alguém que foi engolido diretamente pelos conflitos.

O que essa obra oferece é uma verdadeira historia de desenvolvimento de personagens, você percebe o crescimento, e o percebe lentamente, com um processo gradual e sempre presente.
Ninguem muda da noite pro dia, e ninguem pode totalmente ignorar o que fez no passado, o autor conta a historia de Thorfinn, que começou no primeiro volume com seus 6 anos e nos volumes lançados recentemente ldeve estar beirando os 40 já.


Já leu as obras acimas? Me diga o que achou delas.
Já leu alguma obra que sentiu como se realmente pudesse acontecer no nosso mundo, mesmo sento uma obra focada na ficção? Diga qual foi e o que percebeu nela.
I'm the Master of my Fate
I'm the Captain of my Soul

Imagem

Avatar do usuário
Zharius
 
 
Mensagens: 29
Registrado em: Sáb Abr 29, 2017 1:48 pm

Sáb Mai 06, 2017 6:06 am

Caramba, pra ser sincero estou abismado com o assunto. Curioso saber que existem obras de tamanha magnitude e precisão de forma que possamos utilizá-las para refletir sobre a própria realidade em que vivemos. De fato é algo que ainda não havia pensado a respeito. Me interessei, vou pesquisar sobre essas obras e, quem sabe, encontrar outras. Sinto dizer que não terei base para discutir sobre isso no momento por se tratar de uma novidade para mim, mas se houver material em nossa língua desse nível, com certeza irei passar a consumir.

Grato pela elucidação! :o :D

Avatar do usuário
Zero
 
 
Mensagens: 21
Registrado em: Sáb Mai 13, 2017 12:36 am
Localização: Numa montanha acima das nuvens

Sáb Mai 13, 2017 1:33 pm

A unica obra que eu li das que foram mencionadas aqui foi VINLAND SAGA. Não a li completamente mas o pouco que vi é realmente uma obra muito boa, mostrando o crescimento do personagem em meio a guerra.

Responder
  • Informação
  • Quem está online

    Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante